sábado, 17 de março de 2018

Rios de Chile Pinot Noir 2012

Comprei esse vinho no Supermercado Supernosso porque era um Pinot Noir de Casablanca.Essa região sempre mais fria , causa uma maturação que me agrada.O vinho estava muito leve e  com ótimo sabor.Com 100% de uva Pinot Noir estagiou 12 meses em carvalho.Ótima acidez, taninos redondos, muita personalidade e muita estrutura.Safra 2012.Aromas de flores e frutas vermelhas.Muito suave.
Produzido pela Casas del Toqui, uma Vinã fundada em 1994 , uma parceria entre produtores de vinho da Zona de Totihue e pelo Chateau Larose Trintaudon de Bordeaux. Vale o investimento .

quinta-feira, 1 de março de 2018

Seleta Grande Escolha 13



Um vinho delicioso, de uma Quinta que eu não conhecia.Quinta do Plansel.
Produzido com um corte de Touriga Nacional,Touriga França e Tinta Barroca, estagiou  24 meses em carvalho francês , e foram apenas 900 garrafas .
Novo ainda e agradou porque se mostra , sem modéstia. Tem 15,5 de álcool e nem parece.
Quente,forte,vigoroso,Taninos muito a mostra, mas com equilíbrio ,suculento, ótima estrutura, acidez correta.Gordo e inteiro pra vc .Senti muita fruta madura negra no nariz.

Olha o site:http://www.plansel.com/adega/

terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

Gevrey Chambertin Roux Pere & Fils 2007






Um vinho decepcionante.Magro, muito ácido e sem vida!!!
Não Conheço esse produtor a fundo, mas é uma Domaine  Centenária.Apesar disso, poderia ter produzido um vinho mais diferenciado. Tinha uma boa rolha, mas a apresentação achei muito comercial.
Na boca se mostrou muito magro.pouco corpo.Um amargor forte no fundo da boca.Com  tempo foi piorando.No nariz madeira, rosas.Ao ser servido  percebi uma cor  vermelho violáceo.
Eu gosto  muito dos vinhos da Borgonha, mas esse GevreY, ficou devendo.

quinta-feira, 22 de fevereiro de 2018

Paz !!!




Oi!
Surgiu do nada em mim vontade de estar aqui outra vez com vcs. Não é porque nos últimos tempos tenho degustado tantos vinhos interessantes.Baratos ou  caros, simples ou  instigantes, gordo ou magro.Enfim, estou de volta.De vez.Se eu não conseguir fazer meu blog funcionar , vou extingui-lo.
Quando criei esse espaço, fiz com intenção mais de aprender do que ensinar.Mas muita água passou debaixo da ponte da minha existência.Água pura e água poluída.Muita coisa mudou, perdi e ganhei.Mas estou em paz.Paz comigo mesmo.Paz para voltar a estar aqui com vcs.E vamos nos ver muitas vezes.
obrigado!!

segunda-feira, 8 de junho de 2015

Mas la Plana 2000






Sempre tem algum vinho que fico com pena de abrir.Mas a curiosidade fala sempre mais alto.Gosto de observar a evolução do vinho ao longo do tempo.Já se vão 15 anos  de vida e amadurecimento desse caldo.
Falar da Torres , é fácil.A maioria das pessoas conhecem esse gigante, que produz vinhos  no novo mundo tbm.
Uvas Cabernet Sauvignon cultivadas em 29 ha somente em Pacs del Penedés.A produção começou em 1970.Lógico que foi chegar aqui muiiiito tempo depois disso, importado pela Relocco
É um varietal, 100%, com 18 meses em carvalho, 14% de álcool.
Veio para a taça com uma cor vermelho granada, límpido .Logo vieram os aromas, cereja madura, tabaco, couro levemente presente ,madeira bem discreta,pimenta, blackberry bem maduro.
Na boca logo agradou pela sua elegância.Com  taninos domados, intenso, aveludado, macio, sedoso,encorpado,equilibrado, harmônico,gordo,longo,persistente,redondo,untuoso.Demoramos para dar cabo da Garrafa, pois queria ver a evolução com o ar entrando na taca.
Ainda vai longe, achei pronto, mas não custa esperar mais alguns anos e ir abrindo as outras garrafas dessa caixa com sabedoria.
Não é um vinho barato, mas vale o investimento.
Fonte:www.torrres.es



terça-feira, 30 de dezembro de 2014

2015 promete ! Muito trabalho e dedicação !!!!


2015 , já sabemos será um ano completamente voltado para a recuperação de péssimo ano que  foi 2014.
Eu sabia que  a Copa e  Eleição no mesmo ano seria complicado.Mas , nem o mais pessimista iria imaginar  um ano perdido.
O mínimo que aconteceu foi a alta de todos os preços das importadoras e lojas de vinhos.Os fretes tbm subiram, assim como os cardápios dos restaurantes.
Com o câmbio em alta , viajar ficou mito caro.
Mas , economia não é o nosso assunto aqui.
Pude provar muitas novidades em 2014, muitas novas regiões, muitas safras novas e antigas,Muitos vinhos me surpreenderam, outros me decepcionaram.Muitos vinhos deixaram seu recado de uma maneira positiva.Conheci Portugal e descobri um País maravilhoso e cativante.
Mas sempre degusto com alegria, com paixão, com sabedoria.Senpre respeito o liquido dentro da Taça.
Desejo que em 2015 todos tenhamos muita saúde e paz!!!



sábado, 14 de setembro de 2013

Encontro de Vinhos em Bh




Até que enfim Beto e Daniel trazem seu Encontro  de Vinhos para Belo Horizonte.Uma boa iniciativa, na minha cidade que é muito árida  nesse tipo de evento. Não sei porque as Importadoras se esquecem que nós mineiros tbm somos um bom mercado consumidor.
Vinhos da Argentina, Brasil, Itália,França, Eua,Portugal,   amanhã, no Hotel Mercure , sendo um bom programa para  sábado a tarde.Até lá.

domingo, 1 de setembro de 2013

Biondi Santi 1993 Brunello di Montalcino



As vezes somos obrigados a reconhecer quando um grande vinho passou do seu ápice.Isso aconteceu com esse caldo.
13% de álcool!
100% de Sangiovese, estagiou 36 meses em carvalho da Eslavônia.
Uma cor granada, tons laranjas se misturam.Aromas de frutas vermelhas, couro,cedro, chá.
Na boca, acidez excessiva ,taninos domados,mas dava para sentir claramente que faltava algo.Magro, fraco,desequilibrado,flácido,insípido.Uma pena !
Como armazenar um vinho durante longos anos,e acabar derrubado pela clareza  do tempo e dos detalhes?
É uma questão que se coloca, pois não temos como saber quando o vinho passa do ponto.É basicamente uma aposta.Mas, tudo sempre é um conjunto de percepções e paladar.E vamos abrindo nossas garrafas e gostando ou não do que encontramos dentro delas.E na maioria das vezes , gostamos!!

sexta-feira, 30 de agosto de 2013

Seghesio Zinfandel 2010



Mais um Zinfa!!! Minha atual fase
Um vinho que abri  nas minhas férias.Um jovem , com um teor álcoolico que nos anima.Ai , um vermelho sangue jovem, límpido, vibrante.Uma boca forte, carnuda,presente,taninos fortes presentes, ótima persistência,bela acidez.Profundo,intenso,harmonia em pessoa.Notas de ervas, frutas negras, pimenta do reino.Taninos presentes , em encontro com com o álcool
Um vinho que  foi em encontro a comida.Suculento,ótima lubrificação,sal e pimenta, molho pesto  que se abrigaram juntos.
A textura da massa agradou.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Chateau Los Boldos 1999




Mais um vinho produzido no Chile, com inspiração de Bordeux.A empresa hoje pertence a Sogrape.
80% Cabernet Sauvignon e 20% Merlot  fazem seu corte, com estágio de 12 meses em carvalho francês.Vinhedos que possuem 50 anos de idade.
14% de álcool.
Um vinho com caráter.
Totalmente macio, domado e pronto. Esperando para ser  aberto e agradar.
Elegante, forte, potente, intenso e persistente. Taninos redondos, boa acidez,gordo, carnudo,afinado,aveludado.Envelheceu muito bem.Ainda senti muita fruta na boca.Poderia ter ido mais longe  ainda.
Aromas de couro,tabaco, ervas,frutas vermelhas,cassis, tostado
Um cor vermelho rubi, brilhante!
Uma delícia!!!